Análise de discussão digital: João Doria

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email

Período de medição de 1º de setembro de 2020 a 16 de março de 2021. A seguir apresentamos os detalhes da discussão digital sobre João Doria.

Na análise realizada pela Metrics, constatou-se que existem apenas 25% de comentários positivos em relação a João Doria. Os usuários mencionaram que Doria esteve presente no início da campanha de vacinação contra a COVID-19 ao contrário do presidente. O compromisso do governador com a chegada de mais vacinas ao país também foi destaque, assim como as medidas de saúde que vêm sendo tomadas para prevenir a disseminação do vírus.

75% dos comentários feitos ao governador foram negativos. Os usuários mencionaram que Doria mentiu sobre a eficácia da vacina Coronavac e exigiram que ele renunciasse. Também o criticaram por ter saído de férias para Miami no meio da pandemia. Foi mencionado que São Paulo estava à beira do colapso por falta de médicos e de leitos hospitalares. Muitos internautas o percebem fora das eleições de 2022 porque consideram que a volta de Lula mudou todo o cenário político que havia sido planejado.

Foram analisadas 1.577.496 publicações em meios digitais e 222.979 usuários. Os maiores picos foram quando João Doria presidiu a cerimônia de abertura da campanha de imunização no Brasil e quando, no final de março de 2021, começou a receber ameaças de morte.

Índice de influência

Jair Bolsonaro continua tendo a maior porcentagem de seguidores e engajamento. Isso porque a discussão nos meios digitais tem como foco a comunicação do presidente. Nos últimos meses, isso foi citado principalmente pela campanha de vacinação no Brasil e pela chegada de doses de vacinas ao país.

Lula da Silva manteve 17,5% do índice de influência devido às respostas geradas por suas publicações. O destaque da discussão é que, com a anulação das sentenças da Operação Lava Jato, Lula provavelmente dificultará a reeleição de Jair Bolsonaro.

Doria continua com o maior percentual de publicações, embora com menor engajamento. Isso porque a discussão não é muito difundida no Brasil e no mundo se comparada a Bolsonaro ou Lula. É importante destacar que as menções ao governador se deram principalmente ao toque de recolher.

 Stakeholders a favor e em contra 

A favor 

  • Eduardo Paes
  • Rodrigo Maia
  • Marcelo de Carvalho
  • Alexandre Baldy

Em contra 

  • Jair Bolsonaro
  • Marco Feliciano
  • Carla Zambelli
  • Eduardo Bolsonaro

Se gostou desta análise, clique em link